Uma geração com tantas responsabilidades, e (por vezes) pouco responsável!

Uma geração com tantas responsabilidades, e (por vezes) pouco responsável!

Estamos no final do verão de 2021 e eis que me deparei com uma notícia que me chama à atenção.

Não pela sua raridade (infelizmente), mas sim porque de fato que, nós jovens de hoje, fazemos parte de uma geração que quer queiramos quer não, está responsabilizada por mantermos o nosso planeta vivo e preservá-lo tal como o conhecemos.

A notícia referia, entre outras coisas, que os aglomerados de jovens que iam passar férias para a zona das praias de Vila Nova de Milfontes deixavam as praias completamente sujas e atoladas em lixo, sem se mostrarem minimamente preocupados com o impacto de poluição que causam. Garrafas, copos, beatas, caixas e embalagens com restos de comida eram os objetos mais comuns. Poluição de todas as formas e feitios. Poluição essa que é a maior causa do aquecimento global, diminuição da biodiversidade e degradação de habitats. Lixo que se acumula nas praias e vai para o mar, juntando-se às enormes massas de lixo que se agrupam por todos os oceanos e mares, perfazendo no ano de 2048 um número maior de itens que a quantidade de peixes no mar, como afirmam alguns investigadores.

Ora, somos a geração mais evoluída da história, com maior background de conhecimento, com mais ferramentas disponíveis e maior capacidade de nos superarmos, e ao mesmo tempo por tudo isto, somos a maior e talvez única grande esperança para nós como humanidade de nos mantermos cá por mais uns bons tempos.

Se quisermos ter esta responsabilidade às costas, de tentar mudar e diminuir um impacto acumulado de todas as gerações passadas no nosso planeta. Estaremos nós jovens disponíveis, preocupados e empenhados em ajudar a salvar o que resta do nosso planeta? Talvez não ou talvez sim. Depende de cada um de nós e daquilo que queremos fazer e da forma como queremos criar impacto no mundo atual. 

Enquanto alguns jovens preferem atuar de maneira mais despreocupada, convencendo-se de que o planeta dura para sempre e que é mais fácil deixar o lixo na praia do que deita-lo no lixo e se possível até reciclá-lo, outros de nós debatem-se todos os dias por encontrar formas de sermos sustentáveis, providenciando conhecimento e estratégias de impactar e mudar o mundo da forma correta, reciclando, reutilizando, minimizando as toneladas de lixo produzido e aplicando cada vez mais a circularidade de produtos na economia e no nosso dia a dia.

 

forall family | sustentabilidade

 

Nós na Forall Family fazemos parte de uma Comunidade de Jovens que querem mudar o mundo para melhor. Preferimos a sustentabilidade à poluição! Optamos pela responsabilidade e não pela desresponsabilização. Nós assumimos o compromisso e a responsabilidade, sabendo que as mais pequenas ações, como manter as praias limpas e reciclar o nosso lixo, podem ajudar e muito nesta missão. E tu, assumes tudo isto connosco?

 

forall family | sustentabilidade

Autor: Francisco Graça

Revisto por: André Castro

Sobre o Autor:

Licenciado em Biologia e Geologia, Mestre em Ecologia Aplicada, entrei na Forall Phones como Community Shaper na equipa Aveiro Sal em Fevereiro de 2020, por sentir que a visão ecológica da economia circular proposta pela Forall era algo de futuro e com a qual queria aprender e crescer! Ao longo de todo este tempo tenho-me envolvido em alguns projetos internos, tentando impactar de uma forma mais ecológica e sustentável tanto a Forall Family como os nossos clientes e a sociedade em geral. Para além de tudo isto e das amizades que a Forall me deu, a possibilidade de desenvolver as minhas soft skills preparando-me cada vez mais para o futuro é ainda outro fator que me mantém nesta grande equipa!

Artigo anterior iPhone 14 Será o Primeiro Totalmente eSIM?

Deixe o seu comentário

Os comentários têm de ser aprovados antes de serem publicados

* Campos obrigatórios