Jogos Olímpicos Promovem a Sustentabilidade

Jogos Olímpicos - Uma Competição que Promove a Sustentabilidade!

Be better, together, for the planet and the people!

O slogan para um dos eventos mundiais mais importantes que terminou recentemente: os jogos olímpicos e paralímpicos 2020, em Tóquio. 

Qual foi a importância deste evento desportivo em termos de sustentabilidade?

Para começar os Jogos Olímpicos tiveram cobertura mundial, e promoveram uma competição saudável entre os vários países de todo o Mundo! Desavenças políticas ou territoriais não são bem vindas dentro da Cidade Olímpica. E já que estamos no tópico de integração global, não nos podemos esquecer de louvar e aplaudir também os Jogos Paralímpicos!

Criados em 1960 por Ludwig Guttman, estes jogos têm sido uma componente importantíssima na inclusão de pessoas portadoras de deficiência na sociedade. Os Jogos Paralímpicos nem sempre foram realizados, por exemplo nos jogos olímpicos de verão de 1980, a União Soviética recusou-se a sediar o evento, negando a existência de deficientes no seu país. Um grande avanço deu-se em 1988 onde pela primeira vez os Jogos Paralímpicos tomaram lugar no Estádio Olímpico e a partir daí a construção do mesmo tem que ter em conta as exigências para a sua realização.

Do ponto de vista ambiental é natural que planos tenham que ser feitos para mitigar os impactos de um mega evento temporário numa cidade específica

Vários ODS que foram considerados nesta edição, tais como:

  • ODS 11: Natureza e Biodiversidade - cidade dentro da natureza;
  • ODS 12: Gestão de Recursos - zero resíduos;
  • ODS 13: Alterações Climáticas - com o objetivo de atingir zero emissões de carbono;
  • ODS 16: Direitos Humanos, do Trabalho e Práticas Empresariais Justas - celebrando a diversidade;
  • ODS 17: Envolvimento, Cooperação e Comunicação - parcerias unidas e equalitárias;

    Uma das práticas adotada foi a reutilização de equipamentos eletrónicos (78 toneladas) para reutilizar ouro, prata e bronze para fazer as medalhas. A coleta dos mesmos foi feita desde 2017. 

    Para incluir produtos locais foi desenvolvida a operação BATON que significa “Building Athletes Village with Timber of the Nation”. Desta forma para construir a Vila Olímpica foi utilizada madeira proveniente de fontes sustentáveis, que foi doada pelos vários municípios envolvidos. 

    A disponibilização de transportes públicos movidos a energia de hidrogénio foi também uma forma de mostrar ao mundo o grande potencial que esta energia tem -  uma vez que não é tóxica, possui uma grande densidade energética e potencial no setor de transportes!

    Esta foi a primeira vez que ouvi falar sobre este tipo de energia e de todo o compromisso que este evento tem para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, mas certamente não será a última!

    O que será a nova realidade de jogos olímpicos sustentáveis daqui a "4" anos?

     

    Autor: Joana Cordeiro

    Revisto por: André Castro

    Sobre o Autor:

    Juntei-me à Forall Family como Shaper em Fevereiro de 2019. Em 2020 fiz parte da equipa do quizz de sustentabilidade, vindo posteriormente a ser Team Leader da equipa Aveiro Sal e Project Manager da comunidade. Tenho bastante curiosidade por temas relacionados com a sustentabilidade tendo por isso aceitado o desafio de fazer parte da equipa do blog.

    Artigo anterior iOS 15 - Quais são as novidades imperdíveis desta atualização?
    Próximo artigo Porque deves comprar o iPhone SE 2020?

    Deixe o seu comentário

    Os comentários têm de ser aprovados antes de serem publicados

    * Campos obrigatórios