Hard skills Vs. Soft Skills

Hard skills Vs. Soft Skills

“Tenho que acabar esta cadeira com 18”
“Tenho de aprender a investir na Bolsa”
“Tenho de aprender a falar Inglês fluentemente”

Parece-vos alguém? São típicas afirmações de estudantes Universitários que estão prestes a entrar no mercado de trabalho.
Há uma tendência nos jovens, quase que excessiva, de sobrevalorizar as suas capacidades técnicas, o seu conhecimento ou a sua habilidade para determinado programa. E não me interpretem mal! As hard skills são importantíssimas e bastante valorizadas pelas entidades empregadoras, mas há cada vez mais licenciados, cada vez mais tecnologia e conhecimento e, feliz ou infelizmente, os empregos não crescem nessa proporção.

É nesta realidade competitiva que temos de nos diferenciar! Seja através do nosso comportamento ou dos nossos ideais, há algo de diferente em cada um de nós que pode ser usado a favor das empresas e isso chama-se soft skills.

Na verdade, até há bem pouco tempo, ninguém falava em habilidades comportamentais e da sua importância para a inserção profissional: o Ensino era virado exclusivamente para o saber científico e o mercado de trabalho estava lotado de “génios” com horizontes reduzidos para algo que fosse além da sua formação e posteriormente função.

Mas nasceu a necessidade de sermos multifacetados e, se por um lado as hard skills são ensinadas na “escola”, onde são ensinadas as soft skills?

Não há um “sítio” exato onde podemos aprender a ser mais organizados ou mais flexíveis. Mas, na minha opinião (e talvez se torne um pouco repetitiva ao longo dos vários post’s), há uma série de atividades extracurriculares em que nos podemos envolver e que nos potenciarão as soft skills mais procuradas lá fora:

  • Apoio em projetos de voluntariado ou em programas de empresas;
  • Inserção em projetos universitários (desde clubes desportivos a centros de investigação);
  • Experienciar um Erasmus;
  • Ler sobre a atualidade (importantíssimo para despertar o sentido crítico);

São tudo atividades que qualquer Universidade a nível nacional e internacional oferece. Não se esqueçam que mais importante do que ter boas notas, é mantê-las enquanto preenchem o vosso dia de tarefas tão enriquecedoras como a “matéria teórica” e que vos permite desenvolver a capacidade de liderança, o sentido crítico, a capacidade de trabalhar em grupo e a destreza para trabalhar sobre pressão – as 4 soft skills mais cobiçadas da atualidade.

 

Improve every day. Create impact

Daniela Cardoso

Artigo anterior This is your time - make yourself proud! ✊

Deixe o seu comentário

* Campos obrigatórios