Dia Mundial do Cérebro | Saúde Mental e Bem-Estar

A Importância da Saúde Mental | Dia Mundial do Cérebro

Dia 22 de julho assinala-se o Dia Mundial do Cérebro. A data surge com o intuito de sensibilizar para a importância do cérebro na qualidade de vida humana. Em primeiro lugar, é fundamental esclarecer que o conceito de qualidade de vida é muito abrangente. Compreende não só a saúde física como o bem-estar psicológico, o nível de independência, as relações interpessoais a até o contacto com o meio ambiente.

Mas de que forma pode o cérebro interferir na qualidade de vida?

A realidade atual tem vindo a consciencializar para a importância da saúde no nosso bem-estar. E, apesar do presente contexto pandémico, no que toca à saúde, há duas questões que não devem ser esquecidas.

Primeiro, não esquecer que para além da Covid-19, existem também outras doenças. Pelo que se deve assegurar uma rotina de saúde que previna e contribua para a manutenção de um estilo de vida saudável. A par de exames e rastreios frequentes, são fundamentais: o exercício regular, uma alimentação equilibrada, uma hidratação adequada, bem como um descanso retemperador...

Segundo, evitar o erro de encarar a saúde apenas como bem-estar físico. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, este conceito traduz-se no completo bem-estar físico, mental e social.

O contexto de pandemia tem contribuído para o agravamento de problemas do foro mental e social. De acordo com um inquérito realizado pelas Associações e Federações Académicas de âmbito nacional, cerca de 55% dos estudantes do ensino superior pioraram o seu estado de saúde mental devido à Covid-19. Apesar destes valores, esta é uma questão que carece de atenção, por ser ainda encarada pela maioria de modo preconceituoso e ignorante.

Atualmente, são cada vez mais as pessoas que sentem a sua saúde mental em risco. Elevadas expectativas profissionais e pessoais estão muitas vezes na origem do problema. A incessante necessidade de perfeição, produtividade e coesão conduzem a uma incompatibilidade entre capacidades e ambições, que leva ao agravamento do mal-estar e ao aparecimento de complicações que anteriormente não existiam. 

Adoecer mentalmente não é sinal de fraqueza ou inferioridade!

Tal como quaisquer outras doenças, também as do foro mental requerem tratamento e acompanhamento especializado. É fundamental procurar ajuda. Saber reconhecer quando existe um problema é o primeiro passo para superá-lo e prevenir situações futuras semelhantes. Stresse, pânico e ansiedade social são frequentes e não devem ser desvalorizados ou ignorados.

Existem estratégias e hábitos cruciais no que toca à prevenção. Saber organizar o tempo e a energia evita a fuga a compromissos e obrigações, garantindo a conquista das metas e objetivos - que devem sempre manter-se realistas. Aprender a descansar, refletir, meditar e tirar uma pausa do ritmo alucinante do quotidiano é o início do caminho para o equilíbrio.

Assim, o Dia Mundial do Cérebro convida a refletir sobre a importância de estarmos atentos e conscientes. Cuidar de nós e de quem nos rodeia é uma forma de prevenção. Ser agente da mudança é um papel que cabe a todos e que começa pela informação!

 

Autor: Inês Ponciano

Revisto por: André Castro

Sobre o Autor:

Juntei-me à Forall Family como Shaper em março de 2020. Desde então tenho vindo a envolver-me em diferentes projetos que me permitiram desenvolver novas competências. Em Setembro do mesmo ano juntei-me ao projeto da Worldo, como membro do departamento de Marketing & Social Media. Adoro comunicar e explorar temas relacionados com a Sustentabilidade. 

Artigo anterior Porque deves comprar o iPhone SE 2020?
Próximo artigo A Forall está em todas as capitais de distrito!

Deixe o seu comentário

Os comentários têm de ser aprovados antes de serem publicados

* Campos obrigatórios