As aulas começaram e eu quero ser um(a) empreendedor(a)

Chegou setembro! Há frequências marcadas, teses por acabar. Há uma infinidade de coisas para fazer e, a cada dia que passa, parece que se há coisa que nos falta é tempo.

A rotina voltou e nós, como estudantes determinados que somos, queremos criar maior impacto certo? Então vamos lá! Aqui ficam os 3 passos essenciais para pôr o espírito empreendedor de cada um à prova:

 

1º Passo: Aproveita o teu dia

O dia tem 24 horas, por isso, chega de “não tenho tempo”. Se tirarmos uma hora e meia para refeições, duas horas e meia para transportes, lazer e higiene e outra hora para praticar desporto, sobra-nos 19 horas. Um estudante universitário tem, em média, 3,6 horas diárias de aulas (se incluirmos os fins-de-semana na média) e, segundo o National Sleep Foudation (2014), um jovem entre os 18 e 25 anos, deve dormir entre 7 e 9 horas diárias (como nós queremos aproveitar o nosso dia ao máximo, vamos escolher dormir apenas as 7h). Assim, restam-nos cerca de 8 horas do nosso dia que devem ser adaptadas às necessidades e ambições de cada um.

 

 

2º Passo: Alargar o networking

Networking! Estão fartos de ouvir esta palavra, não? De um modo simplificado, o networking é a nossa “rede de contactos”, ou seja, as relações que estabelecemos com quem pode acrescentar valor na nossa vida profissional ou até mesmo pessoal (mas atenção, nada a ver com as ditas “cunhas”).

Alargar o networking é cada vez mais importante num Mundo tão conectado como é o nosso, num Mundo onde a informação em primeira mão é tão ou mais valiosa que o ouro e onde o “resultado” depende a 100% da relação profissional estabelecida nas organizações.

 

Ideias que permitem criar e fomentar uma rede de contactos sólida são, por exemplo:

  1. Colaborar numa associação de estudantes;
  2. Abraçar projetos de voluntariado;
  3. Apostar em redes sociais de utilização profissional (aqui destaco o LinkedIn);
  4. Colaborar com empresas cujos ideais sejam do nosso interesse;

“Mas como posso fazer isto?” Perguntam vocês. Prometo que, algumas destas ideias, serão faladas com maior detalhe em próximas publicações para que não hajam dúvidas nem desculpas.

 

 

3º Passo: Aprender sobre empreendedorismo

“Ainda nem acabei o curso e já vou ouvir como criar o meu próprio negócio?” Porque não?

Então, para facilitar-vos a vida, deixo aqui dois programas para começarem o vosso ano letivo em grande:

  • Workshop “Que apoios tens para criar o teu próprio negócio?”

26 de Setembro, em Aveiro

Este é um workshop promovido pela Multidados – Formação e pelos Serviços do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), que visa informar os jovens empreendedores de quais os incentivos, programas e apoios que podem esperar quando decidem começar a construir o seu próprio negócio.

E a melhor parte? É completamente gratuito! Basta enviares um e-mail com a tua inscrição (nome completo, e-mail, número de telemóvel, idade e localidade) até dia 19 de Setembro.

Vê como aqui: https://juventude.gov.pt/Eventos/EducacaoFormacao/Paginas/Workshop-Que-apoios-tens-para-criar-o-teu-proprio-negocio-IPDJ-Aveiro.aspx

 

  • 8º Conferência Ibérica de Empreendedorismo

15 e 16 de Novembro, em Salamanca

É uma conferência anual que visa incentivar o empreendedorismo nos jovens e ligar o Mundo Académico ao Mundo Empresarial. Além disso, tem também uma jornada científica, onde os estudantes e investigadores podem apresentar os seus projetos.

As inscrições variam entre os 50€ e os 100€.

Vê tudo aqui: http://ciem.pt/cf2018/

 

A melhor maneira de nos prepararmos para o futuro é aprender sobre o presente. E este “aprender”, não vem ter connosco, não nos é dado de bandeja nas aulas teóricas (verdade seja dita, ninguém aprende a “fazer” empreendedorismo durante as aulas). Este “aprender” requer muita dedicação e muita procura! Por isso, procurem novas iniciativas e programas, presenciem conferências e workshops que vos possam dar mais informação, leiam sobre as novas empresas e as novas tendências de investimento e, claro, mantenham-se atentos ao blog da Forall Phones, onde vão encontrar os melhores conteúdos para se tornarem verdadeiros empreendedores.

 

Improve every day. Create impact.

Daniela Cardoso

Artigo anterior Como ter uma postura correta em teletrabalho?

Deixe o seu comentário

Os comentários têm de ser aprovados antes de serem publicados

* Campos obrigatórios